Projeto Libertadores 2018 aí vamos nós. Avanti meu Verdão!

O Palmeiras

tinha neste ano de 2017 a Copa Libertadores da América como o seu principal objetivo, mas o sonho da conquista do título acabou rápido demais com o time caindo ainda nas oitavas de final nos pênaltis contra o Barcelona de Guayaquil.

Muito aconteceu de lá para cá, e o time está novamente classificado para a competição continental do ano que vem. E irá manter a base deste ano para a Libertadores do ano que vem, além de trazer grandes novidades em todas as partes do campo.

Para começar as mudanças no elenco para 2018 o clube resolveu mudar o comando da equipe, mandando Alberto Valentim embora e trazendo Roger Machado para o cargo de técnico do Palmeiras. O ex-jogador vem de um grande trabalho realizado no Grêmio, que com a mesma base construída por Roger foi campeão da Copa Libertadores e um trabalho não tão bom assim no Atlético Mineiro.

Com a saída de Valentim do clube quem chega para o cargo de auxiliar na comissão técnica fixa do time é Andrey Lopes, que tem passagens por Grêmio e Internacional e inclusive foi auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira entre 2014 e 2016.

Para esta nova temporada chegaram já dois reforços para a equipe. O primeiro deles é o lateral esquerdo Diogo Barbosa que chega do Cruzeiro para acabar com uma das maiores deficiências do time nesta temporada de 2017.

O segundo e mais polêmico reforço para a temporada é o do meia Lucas Lima, famoso por na época em que defendia o Santos provocar demais a torcida do Palmeiras sempre após cada derrota da equipe.

Além dos dois nomes que já estão fechados há também dois nomes que estão praticamente certos para a próxima temporada, o lateral direito Rafinha, que fez história com a camisa do Bayern de Munique e também o goleiro Weverton, que encerra o seu contrato com o Atlético-PR em maio e tenta a liberação para já se apresentar ao Palmeiras em janeiro no início da temporada.

Outros nomes começam a aparecer na mídia ultimamente como negócios de ocasião, como é o caso de Gustavo Scarpa do Fluminense, que chegaria por uma quantia em dinheiro e a troca de alguns jogadores mandados ao Rio de Janeiro, Ricardo Goulart que está na China e pensa em voltar ao futebol brasileiro pensando na Copa do Mundo e até mesmo o zagueiro Pablo, que fez um grande Campeonato Brasileiro pelo Corinthians mas tem a sua renovação de contrato com os rivais completamente emperrada.

Como possível saída para o ano que vem até agora há a notícia apenas de que Mina pode deixar o clube rumo ao Barcelona, que estaria buscando já para janeiro um substituto para a provável saída de Javier Mascherano da equipe.

A manutenção da base do time cada vez mais mostra que a Copa Libertadores será mesmo a prioridade do time no ano que vem, com a caminhada do time começando no próximo dia 20 de dezembro com o sorteio dos grupos da competição.