Lucas Lima chegou com vontade para honrar o manto Alvi-verde.

Palmeiras

O futebol brasileiro é um verdadeiro celeiro de craques. Afinal, pelo menos uma vez a cada semana vemos as notícias de um grande jogador que surge em alguma parte do país e que será “O próximo Neymar”, “O próximo Casemiro” ou “O próximo seja lá qual for o jogador famoso que você quiser colocar aqui”.

Alguns destes jogadores acabam vingando e realmente se tornando bons jogadores, outros acabam se perdendo pelo meio do caminho, seja pelo motivo que for. E aos 27 anos e tendo uma chance de recomeçar a sua carreira no maior elenco do país na atualidade, a contratação de Lucas Lima pelo Palmeiras em 2018 nos dará a chance de ver em qual grupo iremos encaixar o atual meia no futuro.

Lucas Rafael Araújo Lima nasceu em Marília em 9 de julho de 1990, e desde cedo tentou a carreira como jogador de futebol. Acabou sendo dispensado das categorias de base do Rio Preto e do América de Rio Preto, teve a sua primeira chance de ir ao futebol europeu mas acabou não agradando nas categorias de base do Racing Santander da Espanha.

De volta ao Brasil assinou com a Inter de Limeira e aí sim viu a sua carreira decolar em pouco tempo.

Pedido pessoal do técnico Dorival Júnior, o jovem foi contratado apenas com 21 anos pelo Internacional em 2012. Foi contratado para um período de testes no Inter B, mas antes mesmo de estrear pelo segundo time já estava treinando e estreou pelo time titular do Colorado ironicamente contra o Santos.

Com a saída de Dorival Júnior conseguiu se manter no grupo com o técnico Fernandão, mas após a saída do ídolo do cargo perdeu espaço com Dunga, sendo emprestado pelo Colorado ao Sport.

No Nordeste o meia continuou chamando a atenção de diversos clubes do futebol nacional, sendo um dos principais responsáveis pelo retorno do clube à primeira divisão do futebol nacional, sendo considerado um dos melhores meias da Série B em 2013.

Foi assim que Lucas Lima chamou a atenção de vez do grupo de investimentos Doyen Sports, que o contratou e negociou com o Santos onde ele fez a sua estreia na 11ª rodada do Campeonato Paulista de 2014.

Lucas Lima logo se tornou uma grande referência do Santos dentro e fora de campo, sendo jogador símbolo da equipe da Vila Belmiro e gerando inimizades nas torcidas adversárias, sempre provocando a todos através de suas redes sociais.

A fase do meia era tão boa que em 2015 foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira, ironicamente pelo técnico Dunga que anos antes havia sido responsável por sua saída do Internacional.

Lucas Lima nunca escondeu de ninguém que o seu sonho era jogar na Europa, e a cada dia que se passava a torcida do Santos ia ficando mais apreensiva com o contrato do jogador acabando e sem nenhum sinal de renovação.

Foi assim que em novembro de 2017 o jogador foi afastado e comunicou que não iria renovar o seu contrato, anunciando dias depois que o seu destino era o Palmeiras.

Lucas Lima chega badalado como um dos principais reforços para a temporada mas vai ter que jogar muito para conquistar a torcida do clube, que não o tem em boa estima depois de anos e mais anos de provocações.